VIAJAR ENRIQUECE A VIDA E DURA PARA SEMPRE!

Bem-vindo ao blog da caravana para a Irlanda com a Eddie Van Feu, escritora anarquista e bruxa wiccana. Aqui você curte as dicas para viajar para essa terra mágica e fica por dentro da próxima viagem: ESCÓCIA E IRLANDA 2016! Conheça o roteiro completo AQUI! Para informações gerais ou entrar na mala direta da viagem, mande um e-mail: eddie@eddievanfeu.com.



segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

PARA TODOS OS BOLSOS!

por Eddie Van Feu

Vista linda da entrada dos Cliffs of Moher.

Quanto se gasta lá? Essa é a pergunta que todo mundo faz e todo ano eu respondo. Só que a cada ano, há um update! A situação econômica mundial está mudando e um ano não é igual ao outro.
Quando eu comecei a fazer essas viagens, em 2011, a Irlanda estava saindo de um loooongo período de crise e pobreza e estava se abrindo para o mundo com um empurrãozinho da União Européia. O Real estava bem, o dólar estava comportado e todos éramos felizes!
Aí, as coisas começaram a mudar. A conta da ajudinha da União Europeia chegou para a Irlanda, a conta das escolhas equivocadas do nosso governo chegou pra gente e os Estados Unidos começou a sair da crise, fazendo o dólar subir.
Todo esse preâmbulo (palavra nova, gostou?) é para explicar sobre o que esperar nos gastos por lá.

Café da manhã irlandês. Bem-servido e bem forte! Dá pra sustentar por boa parte do dia.

Calma, não entre em pânico!!!!

Quando todas as situações encareceram a viagem, eu e a Diva começamos a cortar gastos! Por isso tirei a Inglaterra, que é linda, mas muito cara, ainda mais agora com a Libra tão alta. Com isso, barateamos a viagem tanto no preço final quanto nos custos que temos por lá.
Ao invés da Inglaterra, coloquei a Escócia, que é LIIIINDAAAAA!!!! E tem toda uma ligação com os celtas ainda bem selvagem que podemos aproveitar. A Escócia também é mais barata.
Basicamente, nossos gastos por lá são de alimentação. E compras e gorjetas. Na Irlanda, temos opções de comer com pouco e comer com muito. Há pubs e restaurantes com comida típica, e há restaurantes mais populares. Desde 2011, tudo subiu, mas ainda se consegue comer com pouco. Eu sugiro que se coma bem no café da manhã para comer menos no resto do dia.
Acredito que, com alimentação, podemos gastar por dia cerca de 35 Euros, economizando nos restautantes mais populares, o que inclui os fast foods que vendem o famoso (e delicioso) Fish and Chips. Isso inclui almoço e janta. Porém, em restaurantes mais finos, esse valor é basicamente o de uma refeição. Carnes de vaca são mais caras lá. Peixe é sempre mais barato.
Incluímos todas as entradas possíveis nos gastos finais porque isso economiza (pagamos menos como grupo). Mas há algumas entradas que não podem ser compradas antes, como o Castelo de Huntington. Então, sempre guarde um extra para essas exceções e para lugares que podemos escolher visitar na hora (dependendo do dia, podemos ver o que se adequa melhor ao grupo, mas no geral, vamos seguir o roteiro).

Minhas comprinhas... E eu tinha prometido que não ia comprar nada!!!! rsrsrsrs


COMPRAR, COMPRAR!!!!

É IMPOSSÍVEL escapar das lembrancinhas! A Irlanda basicamente tem um mercado ENORME voltado para coisas fofas e temáticas irresistíveis! Eu vou sempre jurando que não vou mais comprar nada e volto com a mala cheia. Há lembrancinhas para todos os gostos, mas eu vou indicar para você na hora o que pode ser comprado mais barato em outros lugares. Nessa parte, cada um saberá melhor o quanto poderá gastar. Levarei vocês para lojas gigantes, como a Penneys, que vendem de tudo o que você imaginar, como roupas, sapatos, maquiagem, ferramentas de trabalho, enfim, tudo mesmo, com preços baixos. Você pode escolher o que comprar por lá de acordo com seu gosto.

Um mimo para um bebê que já nasce com sorte! Na época, ficou em uns R$13,00. Hoje sairia por R$25,00.

Com a alta do Euro, tudo estará caro se você pensar em Real, mas estará barato se você comparar com um produto da mesma qualidade no Brasil (que tem taxas e impostos muito altos). Minha sugestão é que você vá juntando dinheiro em DÓLAR ou EURO durante o ano para a viagem.

Me apaixonei por essa ovelhinha da sorte no banquete medieval e só tinha UMA. E foi minha, claro! 

USO DOS CARTÕES:

Aqueles cartões internacionais de saque estão taxados pelo governo, tornando seu uso uma desvantagem. Se puder, prefira dinheiro vivo para escapar das taxas. Na Irlanda, também iremos para lugares mais rurais que não possuem esse tipo de cartão e só aceitam dinheiro.

UM POR TODOS, TODOS POR UM!

Em todos os grupos, sempre fazemos o possível para tornar a experiência da viagem maravilhosa para todos. Assim, se você quer gastar muito ou pouco, não se preocupe pois há opções para os dois orçamentos!
Grupo de 2013, no dia em que chegamos tarde em um hotel que não tinha janta nem serviço de quarto. Juntamos toda a comida que tínhamos e dividimos, como náufragos! ;)



Estou fazendo postagens diárias na nossa página no facebook: https://www.facebook.com/irlandacelta.euvou


E postagens com mais fotos no blog: http://irlandaeuvou.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário